30 de maio de 2020

ACUSADO DE CONTRABANDO E TRÁFICO DE DROGAS, GRUPO OSTENTAVA QUEIMANDO DINHEIRO – 20 mandados de prisão preventiva, 13 mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Coxim, Bela Vista e Sidrolândia.

Força-tarefa saiu às ruas hoje e prendeu integrantes do PCC que registravam em fotos “festinhas do grupo”


Por Anahi Zurutuza, Aline dos Santos e Clayton Neves
Operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado), com apoio do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e Batalhão do Choque, cumpre 20 mandados de prisão preventiva, 13 mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Coxim, Bela Vista e Sidrolândia.

Estão na mira integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) que ostentavam riqueza queimando dinheiro. A “brincadeira” era registrada em fotos, durante festinhas do grupo.

O grupo de integrantes da facção se dedicava a crimes como tráfico de drogas, contrabando, descaminho e lavagem de dinheiro, conforme apurou o Campo Grande News com fontes no Gaeco e Bope. Os criminosos também são investigados por porte ilegal de arma de fogo.

Pelo menos um preso já foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. Equipe do Bope também levou malotes para a delegacia com material apreendido.

A operação foi batizada de Piromania, distúrbio mental no qual o indivíduo produz incêndios por prazer ou para descarregar tensões.

CAMPO GRANDE NEWS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *