3 de junho de 2020

Novo ministro, Nelson Teich fala sobre cooperação entre saúde e economia

Médico e empresário, Teich também falou que não haverá mudanças bruscas sobre isolamento

Aliny Mary Dias

Foto: Divulgação

Novo ministro da Saúde, Nelson Teich falou pela primeira vez nesta quinta-feira (16), após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) oficializar a comunicação da demissão de Luiz Henrique Mandetta do cargo. O novo ministro também afirmou que não haverá, nesse momento, medidas bruscas sobre o isolamento social já empregado no país.

O ministro iniciou a fala agradecendo a oportunidade dada pelo presidente e afirmou ser “uma honra” assimir o ministério em meio ao momento de crise.

Em relação ao isolamento social, tão defendido por Mandetta e sua equipe, Teich disse que não haverá mudanças bruscas e radicais. “Hoje é fundamental que tenha informação sobre o que acontece para as pessoas em relação à doença”.

O novo ministro também falou sobre as questões econômicas, tão defendidas por Bolsonaro. “Saúde e economia, essas coisas não competem entre si, são complementares, quando polariza, trava competição vida versus dinheiro”, disse o ministro falando que haverá cooperação entre as duas frentes.

Teich afirmou, ainda, que grande programa sobre testagem em massa do novo coronavírus deve ser colocado em prática no país. Ele nao detalhou, no entanto, como serão feitos os testes, já que há deficit de insumos em todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *