4 de março de 2024

Polícia já recebeu 60 denúncias de perfis com apologia à ameaça em escolas de MS Maioria dos perfis foi criado por adolescentes, segundo varredura feita pela Polícia Civil

Por Silvia Frias e Izabela Cavalcanti 

A Polícia Civil em Mato Grosso do Sul está investigando, pelo menos, 60 denúncias de perfis nas redes sociais que fazem menção ou tratam diretamente de ameaças de massacre em escolas. Os casos começaram a ser relatados depois do ataque a creche em Blumenau (SC), em que quatro crianças foram mortas.

Mesquita falou sobre o assunto durante a ativação do gabinete de crise instalado no CICC (Centro Integrado de Comando e Controle), no comando-geral da PM (Polícia Militar).

O gabinete foi instalado como parte das ações tomadas como medida de segurança, após sequência de ameaças de ataque às escolas no Estado, a exemplo do que aconteceu em Santa Catarina.

O diretor do departamento de inteligência policial da PC, Odorico Ribeiro Mendonça e Mesquita , disse que as 60 denúncias se tratam de procedimentos instaurados pela polícia e boletins de ocorrência.

Mesquita diz que, na maioria dos casos, trata-se de perfis criados por adolescentes. Por enquanto, alega que não há risco real de tragédia. “Mas estamos monitorando”.

Segundo ele, as plataformas Tik Tok e Instagram estão colaborando com a investigação, encaminhando com agilidade os pedidos feitos pela Polícia Civil. Foram expedidas representações judiciais para busca e apreensão e identificação dos criadores dos perfis. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.