16 de julho de 2024

Terceira melhor do País, Polícia Militar de MS entrega Medalha Tiradentes

A Ordem do Dia do Comando Geral da PMMS destacou a instituição militar como uma fonte interlocutora da sociedade, de seus anseios e necessidades. “Uma Polícia Militar comunitária por excelência”.

Após a leitura da Ordem do Dia, o governador Eduardo Riedel, acompanhado do secretário de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, e do comandante-geral da PM, coronel Renato Dos Anjos Garnes, depositaram uma coroa de flores na lápide dos policiais que perderam a vida em serviço.

Em seu pronunciamento dirigido aos agraciados, convidados, familiares, autoridades e à tropa militar, o comandante-geral da PMMS ressaltou o trabalho da Polícia Militar na integração com outras forças de segurança pública e os projetos sociais coordenados pela instituição militar sul-mato-grossense. “Hoje, é um momento de congraçamento e de reconhecimento àqueles que tanto colaboraram com a Polícia Militar”.

“Uma alegria participar desta cerimônia. A Polícia Militar do Mato Grosso do Sul é motivo de muito orgulho para todos nós, mas principalmente, para vocês [militares] que estão lá na ponta todos os dias. A valorização do profissional deve ser permanente, vamos buscar sempre atender as nossas corporações”, registrou o governador.

O secretário Carlos Videira, afirmou que os investimentos em equipamentos, inteligência e integração são a fórmula para a Polícia Militar do Estado ser referência na segurança pública. “Nunca tivemos tanto investimentos, mas não teríamos conseguido resultados se não fosse esses homens e mulheres e que fazem da Polícia Militar e das nossas forças de segurança uma referência”, lembrou.

Ao final da solenidade a tropa militar desfilou em frente ao palanque das autoridades, juntamente com integrantes de programas sociais da PMMS, como o Programa Mulher Segura, “MS Bom de Bola”, Equoterapia, Florestinha e Ronda Escolar, entre outros.

Ao todo, 179 personalidades receberam a homenagem, entre eles, o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Pedro Arlei Caravina; o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Hélio Peluffo Filho; a consultora legislativa e a procuradora de Estado, Doriane Gomes Chamorro; o diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), Max Antonio Freitas da Cruz; o diretor-geral da FCMS, Carlos Heitor Santos; o secretário-executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação, Ricardo José Senna; o secretário-executivo de Justiça da Sejusp, Rafael Garcia Ribeiro; delegado-geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Roberto Gurgel De Oliveira Filho; e a superintendente de Administração, Orçamento e Finanças da Segov, Ana Matsui.

Sobre a honraria

Tiradentes, cujo verdadeiro nome era Joaquim José da Silva Xavier, foi um militar brasileiro (alferes) conhecido por seu envolvimento na Inconfidência Mineira – um dos primeiros movimentos organizados pelos habitantes do território brasileiro, no sentido de conseguir a independência do País em relação a Portugal.

Tiradentes atuou como propagandista da Inconfidência Mineira, viajando e conquistando apoiadores para a conspiração. Ele foi alferes dos Dragões Reais de Minas e responsável por monitorar o Caminho Novo.
A sua história se transformou no primeiro ato de heroísmo brasileiro depois ter sido o único a assumir participação na conspiração dos inconfidentes e ser penalizado com a morte. Ele foi enforcado e teve o corpo esquartejado no 21 de abril de 1792, no Rio de Janeiro. A sua história foi considerada exemplo de dignidade, honestidade, luta pelos ideais de igualdade e pela melhoria de vida do povo. Em homenagem ao ato de bravura, a data passou a ser considerada feriado nacional.

Medalha Tiradentes

Instituída em Mato Grosso do Sul em 1982, a Medalha de Tiradentes é uma reverência ao patrono das polícias militar e civil do Brasil. Sem temer represálias, Joaquim José da Silva Xavier abdicou dos interesses pessoais por um bem maior. Assim também é a história do policial militar, que diariamente arrisca a vida para defender o cidadão.

Alexandre Gonzaga, Comunicação do Governo de MS

Fotos: Saul Schramm