29 de novembro de 2020

‘Wikileaks do futebol’ revela contratos milionários de Neymar

Do UOL, em São Paulo

O site Football Leaks divulgou nesta quinta-feira informações sobre contratos assinados por Neymar com empresas – entre elas, a Doyen Sports, a Konami e a PokerStars. Os papéis reúnem dados bastante detalhados, com direito até a documentos de identidade e endereços de e-mail do jogador.

Em seu contrato, em troca de 6 milhões de euros, a Doyen garantia a exclusividade nos “serviços de promoção” do jogador, recebendo 60% dos valores recebidos pelo atleta pela divulgação de sua imagem entre 2012 e 2015 na Ásia, nos EUA, na Inglaterra, na Rússia, no México e na Turquia. Já a Neymar Sports Marketing recebia 20%, enquanto o Santos ficava com o restante.

O percentual recebido pela Doyen baixou para 20% em 2015, e permanece assim até 2017. A empresa tem sede em Malta, paraíso fiscal localizado no Mar Mediterrâneo, e foi responsável, entre outras negociações, por levar Leandro Damião ao Santos no início de 2014

Ainda segundo o site, o contrato assinado com a PokerStars em março de 2015, paga 2 milhões de euros por ano ao astro brasileiro. Pelo compromisso, o jogador precisa postar 20 mensagens por ano em redes sociais (10 no Twitter e 10 no Facebook) relacionadas ao serviço de pôquer. Deste valor anual, 400 mil euros iam diretamente para a Doyen.

Com a Konami, Neymar assinou contrato em junho de 2015. A empresa, responsável pelo game Pro Evolution Soccer (PES), pagou 750 mil euros ao atacante do Barcelona para poder utilizar seu nome e sua imagem na comercialização de seus produtos. Do total, a Doyen recebeu 150 mil euros.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *