22 de abril de 2024

Após chuva causar estragos, MS continua sob alerta de perigo para tempestade

Há risco de alagamento, queda de árvores e corte de energia elétrica

 
Após chuva causar estragos, MS continua sob alerta de perigo para tempestade
Chuva forte é registrada em Campo Grande (Foto: Karina Campos)
 

segunda-feira (14) em  do Sul continua com previsão de tempestade, segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima). Podem ser registrados ventos entre 40 km/h e 60 km/h. Em Campo Grande e algumas cidades do interior, a tempestade da tarde de domingo e da madrugada desta segunda (14) causaram estragos.

São esperadas tempestades acompanhadas de raios, rajadas de ventos e queda de granizo. Isso ocorre devido ao intenso fluxo de calor e umidade vindo da Amazônia, área de instabilidade que favorece a formação de nuvens e chuvas e um sistema de baixa pressão atmosférica no Paraguai.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) mantém o alerta de perigo para tempestade em todas as regiões do Estado. Há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.
 

Em Campo Grande, a mínima será de 21ºC e máxima de 27ºC. Dourados terá os termômetros oscilando entre 19ºC e 28ºC.

O dia amanheceu com 17ºC em , mas a tarde registra 27ºC. As temperaturas em Corumbá ficam entre 20ºC e 36ºC.

Coxim tem mínima de 23ºC e máxima de 34ºC. E em Três Lagoas, os termômetros variam entre 23ºC e 35ºC.

Estragos em Ponta Porã e Campo Grande

A Defesa Civil já atendeu mais de 34 famílias atingidas pela forte chuva e temporal registrado neste domingo (13), em Ponta Porã. A tempestade deixou casas alagadas e chegou a destelhar o prédio de uma faculdade em construção.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Vera de Oliveira, as famílias estão sendo atendidas com alimentos, roupas, cobertores e outras necessidades.

Em Campo Grande, o temporal começou na madrugada desta segunda (14) e causou queda de árvores e falta de luz em alguns bairros. De acordo com a Defesa Civil municipal, até a manhã apenas três atendimentos foram feitos pelas equipes e tinham relação com queda de telhados de residências, mas, a princípio, ninguém ficou ferido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.