24 de novembro de 2020

ARTIGO – Assistência Social e Família

por Jamilson Name

De acordo com a Resolução nº 109 de 11 de Novembro de 2009 a qual aprova a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, no nível I do Serviço de Proteção Social Básica, descrevem que o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos visa realizar serviços em grupo através das políticas publicas vigentes, organizado a partir de percursos, de modo a garantir aquisições progressivas aos seus usuários, de acordo com o seu ciclo de vida, a fim de complementar o trabalho social com famílias e prevenir a ocorrência de situações de risco social. Forma de intervenção social planejada que cria situações desafiadoras, estimula e orienta os usuários na construção de suas histórias e vivências individuais e coletivas, na família e no território.

Organiza-se de modo a ampliar trocas culturais e de vivências, desenvolver o sentimento de pertença e de identidade, fortalecer vínculos familiares e incentivar a socialização e a convivência comunitária, porém ampliar este atendimento se faz necessário, pois a gestão atual esta defasada e clama por melhorias necessita de um caráter preventivo e proativo, pautado na defesa e afirmação dos direitos e no desenvolvimento de capacidades e potencialidades, com vistas ao alcance de alternativas emancipatórias para o enfrentamento da vulnerabilidade social. Deve prever o desenvolvimento de ações intergeracionais e a heterogeneidade na composição dos grupos por sexo, presença de pessoas com deficiência, etnia, raça, entre outros. Precisamos de articulação com o Serviço de Proteção e Atendimento Integral á Família (PAIF), de modo a promover o atendimento das famílias dos usuários destes serviços, garantindo a matricialidade sociofamiliar de assistência social.

Dentro de todo este contexto necessitamos de políticas publicas eficazes que tenham um olhar humanizado e novo para receber os novos modelos de família o suporte real para  que  consigam  atender as demandas da sociedade atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *