30 de novembro de 2020

Bebê belavistense nasce com pés tortos e precisa de doações para comprar botas ortopédicas

Emilly Afonso Louveira, de apenas oito meses, nasceu com os pés tortos e precisa passar por um procedimento cirúrgico para corrigir o problema

Jonathan Torres (JT) MTB 1674/MS

Foto enviada pela Mãe da Menina

O pé torto congênito é uma má-formação que atinge um a cada mil recém-nascidos. Geralmente, o bebê nasce com os pés invertidos e virados para dentro, o que pode dificultar o pleno desenvolvimento motor da criança no futuro. A belavistense Emilly Afonso Vivela, de apenas oito meses, nasceu assim. Para corrigir o problema rapidamente, a bebê precisa ir à Aquidauana para realizar uma cirurgia e depois adquirir uma bota ortopédica que também é exigido pelo médico durante a recuperação. Os pais, Ivonete Afonso Vivela e Edvan Louveira Rodrigues, sem condições financeiras de bancar o procedimento e a aquisição destas botas, apostam na solidariedade da população e, desde a última segunda-feira (20), iniciaram uma campanha para arrecadar o valor que deve ser usado para à compra das botinhas.

Foi tentando encontrar uma solução mais rápida para o problema da filha que Ivonete optou em realizar uma rifa de uma cesta de páscoa, cheia de chocolates. Durante essa semana, uma corrente vem sendo montada para mobilizar pessoas através do WhatsApp e Facebook com o objetivo de arrecadar, ao menos, o valor das botas ortopédicas.

“Se não fossem as redes sociais e os amigos eu não teria como adquirir essas duas botas ortopédicas, pois fiz um orçamento em uma empresa de Campo Grande, e o valor estimado é de R$900,00, disse Ivonete.

Para ajudar a pequena Emilly, você pode comprar a rifa no valor de R$3,00 ou realizar doações diretamente com a família, pelo telefone: (67) 99841-0381 (Ivonete Vilela). O sorteio da rifa será realizado no próximo dia 14/04.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *