25 de setembro de 2021

Bela Vista e 12 cidades vão vacinar todos acima dos 18 anos até semana que vem com Janssen em MS

Com a confirmação do recebimento de 150 mil doses extras da vacina contra covid da Janssen, Mato Grosso do Sul vai iniciar a imunização em massa de 13 municípios da fronteira a partir da semana que vem.

A vacina americana é de aplicação única e será utilizada para estudo epidemiológico conduzido pelo médico infectologista e pesquisador da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Júlio Croda. O estudo será realizado pelo grupo Vebra Covid da Fiocruz (capitaneado por Croda), com apoio da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e das universidades dos Estados Unidos de Stanford, Yale e Miami.

O especialista explicou que  todos acima de 18 anos que ainda não foram vacinados com outros imunizantes receberão dose da Janssen. “O objetivo é que [a vacinação] ocorra de forma rápida para ver o impacto da vacina em relação a imunidade coletiva para que possamos avaliar comparativamente. São 13 municípios [da fronteira] que vamos comparar pré e pós vacinação em termos de número de casos e óbitos com outros 13 municíipios similares”, detalhou.

Outro ponto que será avaliado pelos pesquisadores será a incidência da doença em crianças. “Avaliar a redução de casos das crianças [que ficarão de fora da vacinação], que é reflexo da imunidade coletiva e vamos comparar com quem foi vacinado com outras vacinas”, explicou.

Os estudos começam cerca de 2 semanas após a conclusão da vacinação, que é quando as pessoas estarão com a eficácia do imunizante, “mas vai ocorrer ao longo dos próximos 6 meses, vamos acompanhar se vai ter mais casos”, pontuou Croda.

Conforme o pesquisador, já está tudo pronto para início dos estudos. “Fizemos reunião com todos os prefeitos de fronteira, apresentamos o projeto, colocamos os pontos necessários e fizemosoo reunião com a coordenação do PNI [Plano Nacional de Imunização]”, finalizou o infectologista.

Os municípios que terão toda a população adulta imunizada são:

  • Corumbá
  • Ponta Porã
  • Ladário
  • Porto Murtinho
  • Caracol
  • Bela Vista
  • Antônio João
  • Mundo Novo
  • Japorã
  • Sete Quedas
  • Paranhos
  • Coronel Sapucaia
  • Aral Moreira

Cinturão sanitário

A mobilização para que MS recebesse doses extras envolveu grande mobilização política. “Fizemos solicitação para a bancada federal, os senadores de MS foram ontem de manhã ao ministro, governador fez ligações, a ministra Tereza Cristina ligou ao ministro para termos esse fundo de reseva, tivemos apoio do Conass e Conassems. Todos participaram dessa conquista”, disse o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende.

Fonte: Midia Max

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *