29 de maio de 2024

BELA VISTA: PREFEITURA REAJUSTA EM 16,80% SALÁRIO DOS PROFESSORES A PARTIR DE OUTUBRO

O prefeito de Bela Vista, Reinaldo Piti (PSDB), confirmou nesta segunda-feira (12), após reunião com o secretário municipal de Educação, Idelcides Gutierres, secretário municipal de Fazenda, Aires Cafure, e com representantes do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), que os professores do município receberão o reajuste salarial de 16,80% a partir de outubro. O aumento se refere a uma parcela restante do piso salarial do ano passado.
Com mais esse aumento, os professores bela-vistenses terão um salário base de cerca de R$ 6.630,00, enquanto que o piso salarial nacional é de R$ 4.420,55. O prefeito Reinaldo Piti destaca que, mesmo com os recursos do Fundeb sendo insuficientes, o município vai complementar mais cerca de R$ 8 milhões para garantir a valorização dos profissionais.
“A previsão de repasse do Fundeb para Bela Vista é de pouco mais de R$ 20 milhões; no entanto, a folha é de cerca de R$ 28 milhões, então precisamos complementar esse valor com recursos municiipais”, conta Piti. “A educação sempre foi prioridade na minha gestão e tenho orgulho de dizer que desde que assumi a Prefeitura, todos os anos temos conseguido cumprir com os reajustes dos nossos professores, mesmo com recursos do Fundeb sendo insuficientes”, completa.
O secretário Idelcides Gutierrez ressalta a importância do reajuste e da valorização dos educadores bela-vistenses. “Valorizar o professor com o pagamento do piso salarial é fundamental para se ter uma educação pública de qualidade. Principalmente porque temos na nossa Rede de Ensino excelentes profissionais, dedicados e comprometidos com a educação municipal”, declara.
O secretário de Fazenda, Aires Cafure, elogia a postura do prefeito Reinaldo Piti em sempre dialogar e buscar soluções que valorizem os professores. “Essa administração sempre esteve comprometida com a Educação. E esses reajustes exigem muito equilíbrio financeiro e muito planejamento. E nós temos conseguido, com muito trabalho, equilibrar as finanças e valorizar nossos profissionais”, diz Cafure. “De 2017 até hoje, o acumulado de reajuste chega a 79,65%.”, finaliza Aires.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.