4 de março de 2024

Com alunos amontoados em ginásio e no calorão, Renato busca soluções para Escola Vilmar de Dourados

Representante de Dourados na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Renato Câmara esteve no Ginásio do CSU, localizado no Jardim Água Boa, em Dourados, onde alunos da Escola Estadual Vilmar Vieira de Matos tem se revezado para assistir às aulas provisoriamente, durante o período de reforma da unidade escolar. A mudança no local das aulas tem gerado grande transtorno e reclamações, devido à falta de estrutura para receber os alunos.

Preocupado com as condições de aprendizagem dos alunos, que sofrem com o calor e a acústica do ginásio, e atendendo às diversas reclamações de pais, após a instalação da escola no local, Renato foi nesta segunda-feira (4/4) acompanhar de perto a rotina dos estudantes, e ouviu os professores, coordenação e representantes da APM (Associação de Pais e Mestres) que pediram soluções para alguns entraves que têm dificultado o funcionamento das atividades escolares.

“A mudança da escola para o ginásio foi inevitável, entretanto, é preciso fornecer condições adequadas para a realização das aulas. É inadmissível que os alunos continuem em situações como essas de calor extremo, sem conseguir ouvir as explicações dos professores, entre tantas outras questões. Essas adaptações são urgentes e eu vou buscar as melhorias necessárias junto ao governo”.

Nos próximos dias Renato deve se reunir com o secretário estadual de educação, Helio Queiroz Daher, para entregar pessoalmente as demandas da escola, bem como articular a vinda do secretário ao ginásio para conhecer a realidade em que alunos e corpo docente se encontram.

FALTA DE ESTRUTURA

Atualmente as turmas estão divididas dentro da quadra esportiva do ginásio, onde alguns alunos ainda ficam na calçada devido ao calor excessivo no local. Entre as demandas que Renato Câmara recebeu da APM da E.E. Vilmar Vieira Matos, estão o melhoramento acústico para que os alunos possam ouvir e compreender o conteúdo ensinado.

A possível instalação de um climatizador para amenizar a alta temperatura dentro do ginásio. Melhoramento na iluminação e do alcance da internet.

Instalação de quadros brancos, acessibilidade na rampa e degraus, manutenção no telhado e calhas, entre diversos outros pontos primordiais para que os alunos seguiam com as aulas, nos três períodos, além de preservar uma boa condição de trabalho aos professores e funcionários da escola.

Assessoria de Comunicação e Imprensa – Renato Câmara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.