6 de julho de 2022

MS tem 13 cidades agrícolas entre as 100 mais ricas do País, aponta ministério

Dos R$ 151,2 bilhões gerados pelos 100 municípios, R$ 17,82 milhões são das cidades sul-mato-grossenses

Por Ana Paula Chuva

Das 100 cidades mais ricas do Brasil, treze são de Mato Grosso do Sul, entre elas, a 8ª colocação no ranking, que é ocupada por Maracaju, cidade a 160 quilômetros de Campo Grande. Os dados são do Mapa (Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) divulgados na terça-feira (3).
Maracaju, além de ocupar a 8ª posição no ranking nacional, lidera o ranking de cidades mais ricas do agronegócio no Estado, que ainda conta com os municípios de Ponta Porã, Sidrolândia, Dourados, Rio Brilhante, Caarapó, Costa Rica, Aral Moreira, Chapadão do Sul, Nova Alvorada do Sul, Itaporã, Naviraí e Laguna Carapã.
Ainda conforme o Mapa, os principais produtos responsáveis pelo sucesso das cidades que compõem a lista são a soja, o algodão e o milho, já que carregam elevados níveis de tecnologia e produtividade.
“Essa é uma realidade em Mato Grosso do Sul, onde tivemos nos últimos dois anos recordes sucessivos em termos de produtividade e de expansão nas áreas de lavoura de soja, graças aos investimentos em tecnologia e pesquisa. Além disso, também tivemos bom desempenho na produção do milho, do algodão, da cana”, disse Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).
O levantamento teve como base os dados da produção agrícola municipal, referente a 2020. Os 100 municípios foram classificados a partir do total levantado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e a posição de cada um foi definida em relação ao valor da produção e ao PIB, cuja informação mais recente é de 2019.
A análise mostra que os municípios classificados geraram no ano de referência, um valor da produção de R$ 151,2 bilhões, ou seja, 32% do total estimado em R$ 470,5 bilhões. As 13 cidades do Mato Grosso do Sul somaram R$ 17,82 milhões.
O destaque dessas cidades, segundo o Mapa, se dá pelo elevado valor da produção agropecuária e pelo valor do PIB municipal. Com relação ao PIB (Produto Interno Bruto) dos Municípios, a listagem de Mato Grosso do Sul totaliza R$ 29,71 bilhões. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *