24 de setembro de 2021

Novo lote de CoronaVac vai concluir 2ª dose e MS já pede para vacinar toda a população

Com fim das comorbidades, público em geral pode começar a ser imunizado nas próximas semanas

Gabriel Maymone

Nova remessa de dose deve chegar até terça-feira
Nova remessa de dose deve chegar até terça-feira – Henrique Arakaki / Midiamax

Entre esta segunda e terça-feira (17), Mato Grosso do Sul irá receber novo carregamento com vacinas contra covid que será o suficiente para completar a imunização atrasada da CoronaVac e avançar no público de comorbidades. O Estado pediu ao governo federal permissão para iniciar a vacinação no público geral – aqueles que não fazem parte de grupos prioritários.

O secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, disse ao Jornal Midiamax que está prevista a chegada de 141.690 doses de imunizantes. “Vamos receber todas as doses atrasadas. O lote de 85,2 mil da CoronaVac vai zerar [a fila de atraso na aplicação da 2ª dose]”, disse.

Conforme Resende, fazem parte do carregamento 48,3 mil doses da AstraZeneca e 8.190 da Pfizer. “Com isso, vamos avançar muito na D2 e acredito que vai avançar muito no público com comorbidade. Inclusive, solicitamos ao governo federal que libere para vacinarmos por idade [público geral]. Acho que é a postura mais correta, pois abarca todo mundo”, pontuou.

CoronaVac atrasada

No dia 6 de maio, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) pubicou em Diário Oficial que 128 mil pessoas estavam com vacinação da CoronaVac atrasada e precisaria de mais de 134 mil doses, contando com as perdas técnicas.

Na última quinta-feira (13), MS recebeu 26,4 mil doses da Coronavac do Ministério da Saúde. Na sexta-feira (14), chegou remessa com 13 mil unidades da CoronaVac, que foram distribuídas para os municípios aplicarem em quem estava com a vacinação atrasada por um período maior. Em Campo Grande, as doses se esgotaram no domingo (16), com a imunização de pessoas que estavam agendadas para receber o reforço no dia 27 de março.

Ainda na sexta-feira, a SES solicitou ao Ministério da Saúde o envio das 85,2 mil doses que faltam para completar o ciclo vacinal dessas pessoas e houve resposta positiva. “É uma conquista de Mato Grosso do Sul), comemorou o secretário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *