1 de dezembro de 2020

Moradores da Baixada Corintiana reclamam do abandono do poder público

Moradores do Prolongamento da Rua Guia Lopes, na Baixada Corintiana, estão reclamando do abandono e desrespeito do poder publico municipal para com a referida Rua. Segundo eles a mesma encontra-se em situação deprimente devido ao abandono pelo poder público. A Rua Guia Lopes, virou um verdadeiro criadouro de mosquitos, o que além de perigoso é lamentável, por que tanto se ouve falar em combate aos criadouros de mosquitos e vejam como a nossa rua se encontra. Enfatizaram.

bv141

A rua totalmente tomada pelo buraco, e para piorar ainda mais a situação, nesses dias de chuvas, após as enchentes, esse buracão ficavam cheio d’água, aumentando o perigo, podendo até uma criança morrer afogada nesse local, segundo alguns moradores dessa rua, eles até já cansaram de pedir na secretaria de obras do município, e até agora nem uma providencia foi tomada para solucionar o problema.

Quando a reportagem do www.ocanaldenoticias.com.br, esteve visitando o local, um grupo de senhoras que pediram para não serem identificadas, não economizaram nas criticas, a administração municipal e aos políticos em geral, e ainda falaram que estão esperando as novas mentiras neste ano eleitoral, mas foram enfáticas em dizer que antes deles mentirem vão ter que ouvir umas boas, principalmente aos que se dizem seus representantes.

bv142

Segundo elas nem a coleta do lixo é possível ser efetuada normalmente devido a essa verdadeira cratera na rua, antes do fechamento dessa edição a reportagem do www.ocanaldenoticias.com.br, tentou contato com alguém da secretaria, mas não foi possível, em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura de Bela Vista – MS, fomos informados que esse serviço esta agendado, que só não foi feito por que as maquinas se encontram recuperando as estradas no assentamento Santa Marina, mais que ainda nesta semana esse serviço será realizado. Estamos antenados.

Da Redação: O Canal de Noticias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *