23 de julho de 2021

Presidente da Assembleia assume governo e já cumpre agenda no interior nessa quarta

O presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul (Alems), Paulo Corrêa, assumiu, nesta terça-feira (26) e permanecerá por cinco dias, interinamente, como governador do Estado, devido às férias de Reinaldo Azambuja (PSDB).

Além disso, Corrêa foi convocado porque o vice-governador, Murilo Zauith (DEM) foi diagnosticado com Covid-19.

Segundo o agora governador em execício, o fato é constitucional e ele pretende cumprir as demandas que já estavam traçadas pelo governo.

“Foi solicitado pelo nosso vice-governador que eu assumisse, porque infelizmente ele foi acometido pela Covid-19. Portanto, esse procedimento é natural, sendo que é uma das minhas prerrogativas como presidente da Assembleia. Agora pretendo cumprir o que foi traçado pelo governador Azambuja e assim contribuir para o bom andamento das ações do governo”, projetou.

O governador em exercício adiantou que, já nesta quarta-feira (27), cumprirá três compromissos no interior, que já estavam incluídos na agenda da governadoria. “Nós iremos inaugurar uma obra em Três Lagoas, outra em Chapadão do Sul e, por fim, lançamentos de obras em Bonito”, elencou.

Afastamento do vice

Murilo Zauith assumiu o posto de governador do Estado na segunda-feira (25). Conforme informou a assessoria do Executivo estadual, ele iria trabalhar no sistema home-office, devido a ter testado positivo para o coronavírus.

No entanto, nesta terça, Murilo encaminhou ofício à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (Alems), comunicando sua decisão de se afastar do exercício de governador, a contar de hoje até o próximo sábado (30).

A medida é prevista na Constituição Estadual, que diz que quando o período de licença não exceder 15 dias, cabe ao governador do Estado, titular ou em exercício, comunicar a Casa de Leis sobre sua impossibilidade de cumprir os deveres inerentes ao cargo, assim como foi feito.

Comunicado do afastamento foi publicado no Diário Oficial da Alems.

Conforme a Constituição, “em caso de impedimento do governador e do vice-governador, ou vacância dos respectivos cargos, serão sucessivamente chamados ao exercício da chefia do Poder Executivo o Presidente da Assembleia Legislativa e o Presidente do Tribunal de Justiça”.

Desta forma, Paulo Corrêa se afastou da Casa de Leis e tomou posse para exercer a chefia do Poder Executivo a partir desta terça-feira. Solenidade para transmissão do cargo foi realizada às 11h, na sede da governadoria.

Com Corrêa assumindo o governo, o vice-presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Rocha, assumiu a chefia do parlamento, também de hoje até o próximo sábado.

Teste positivo

Zauith realizou o exame, que testou positivo para a Covid-19, na última quarta-feira (20). Inicialmente a informação era de que ele estava assintomático e cumprindo isolamento domiciliar. O estado de saúde atual não foi divulgado.

No dia 11 de janeiro, ele foi exonerado, a pedido, do cargo de secretário estadual de Infraestrutura (Seinfra), que ocupava desde 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *