27 de novembro de 2020

Público 2015: Corinthians tem maior média, Palmeiras, as melhores rendas

Timão fecha o ano com 33.480 pagantes por jogo. Em duas decisões contra o Santos, Verdão registra rendas mais altas da temporada. Fla x Coritiba leva mais torcedores

Por GloboEsporte.com

O Corinthians conquistou com sobras o sexto título brasileiro neste ano e tem mais um motivo para festejar. Graças ao apoio incondicional de seu torcedor, a equipe do Parque São Jorge obteve a maior média de público na temporada: 33.480 pagantes por jogo.

A partida com maior número de torcedores na Arena Corinthians foi registrada na goleada por 6 a 1, no clássico contra o São Paulo, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 44.976 pagantes, a Fiel quebrou o recorde de público no estádio e ajudou a alavancar a média de público do time.

A torcida do rival Palmeiras também fez bonito em 2015 e aparece em segundo no ranking. Nos jogos do Verdão em casa, a média foi de 29.454 pagantes por partida. Flamengo, com 27.016 pagantes por jogo, Grêmio, com 23.164, e Cruzeiro, com 22.943, completam o Top 5.

Dentre os times da Série B, Ceará, Bahia e Santa Cruz foram os que levaram mais torcedores na temporada. O Vovô registrou a nona melhor média de público, com 16.557 pagantes por jogo, o Esquadrão de Aço vem logo atrás, com 15.295, e o Tricolor pernambucano figura na 11ª posição. As três equipes estão à frente, por exemplo, de Fluminense, Vasco, Botafogo e Santos, que fechou o ano apenas na 22ª colocação na lista.

Das equipes da Série C, Vila Nova e Fortaleza são os destaques. Campeão da Terceirona, o time goiano ficou em 12º lugar no ranking, com média de 14.658 pagantes por jogo. Muito por conta dos 39.000 torcedores que pagaram ingresso para assistir à goleada por 4 a 1 sobre o Londrina, no Serra Dourada, na decisão da Série C. O Fortaleza aparece na 13ª posição, com média de 14.192 torcedores por partida.

 

TOP 5 – MAIORES PÚBLICOS E RENDAS EM 2015

Embalado por seis vitórias seguidas no Brasileirão, a diretoria do Flamengo resolveu marcar a partida contra o Coritiba no Mané Garrincha, em Brasília, com o objetivo de obter lucro com a venda dos ingressos. Conseguiu não só a maior renda da equipe no ano – terceira melhor no geral – como também bateu o recorde de público na temporada: 67.011 torcedores pagaram ingresso. Entretanto, se os cofres do clube carioca ficaram cheios, a derrota por 2 a 0 para o Coxa impediu que o Rubro-Negro permanecesse no G-4 do Brasileirão, e depois foi ladeira abaixo.

Por falar em grana, o Palmeiras obteve as duas maiores rendas na temporada. Com preços dos ingressos elevados, o Verdão faturou R$ 5.336.631 na decisão da Copa do Brasil contra o Santos, a maior da temporada. Diante do mesmo adversário, o Palmeiras registrou a segunda melhor renda no ano no primeiro jogo da final do Paulistão. Foram mais de quatro milhões de reais para a conta do clube.

esporte09esporte10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *