21 de outubro de 2020

Grêmio oferece “projeto de ídolo”, mas Luis Fabiano deve jogar na China

Guilherme Palenzuela e Marinho Saldanha
Do UOL, em São Paulo e Porto Alegre

Luis Fabiano, 35, deixará o São Paulo ao término deste Brasileirão. Terceiro maior artilheiro da história do clube do Morumbi, ele já anunciou despedida depois de não ser procurado pela diretoria para renovar o contrato que acaba no fim de 2015. O destino para 2016 deve ser o Tianjin Songjian, clube da segunda divisão da China que será comandado por Vanderlei Luxemburgo e tem projeto ambicioso para dominar o futebol local. Nos últimos dias, no entanto, Luis Fabiano recebeu oferta do Grêmio com um projeto profissional tentador.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Grêmio oferece a Luis Fabiano aquilo que chama de “projeto de ídolo”. O atacante seria a principal contratação de 2016 e nome mais forte para a disputa da Copa Libertadores. Sua eventual contratação mobilizaria o marketing e ocuparia o posto mais destacado entre os atletas do clube. O clube gaúcho também já tem preparada a estratégia financeira para pagar R$ 550 mil mensais, salário que oferece e do mesmo patamar ao recebido pelo camisa 9 no São Paulo. A ideia é firmar parcerias externas com pagamentos futuros, com empréstimos financeiros que arcariam parte dos salários.

Pessoas próximas do atacante afirmam que ele viu com bons olhos a proposta do Grêmio por ter visto no clube gaúcho a tentativa de tratá-lo como ídolo, postura da qual notou falta na diretoria são-paulina, que nem conversou sobre a renovação. No entanto, o atacante teme que jogar em outro clube do Brasil faça com que ele perca a identidade que construiu com o São Paulo e desgaste sua imagem como ídolo do clube. Hoje, o único outro clube nacional em que Luis Fabiano considera jogar é a Ponte Preta, que o revelou para o futebol.

Neste momento o acerto entre Luis Fabiano e Tianjin Songjian é provável, mas ainda não definido. O clube tem projeto milionário para chegar ao topo do futebol chinês e já enviou proposta formal ao camisa 9. Aos 35 anos e próximo da aposentadoria, o atacante reflete com otimismo sobre aquele que possivelmente será seu último contrato como jogador de futebol.

O Grêmio rotula a negociação com Luis Fabiano como “impossível”, para que não pareça derrotado caso se confirme a transferência do jogador para o futebol chinês. Além do clube gaúcho, recentemente o Atlético-MG também procurou Luis Fabiano, consultou a possibilidade de contratá-lo para 2016, mas não obteve evolução nas conversas. O clube não confirma a informação.

A contratação de um centroavante para 2016 é vista como prioridade no Grêmio. “O Grêmio tem muito pouca bala na agulha para isso”, disse o presidente Romildo Bolzan Júnior ao ser questionado sobre possíveis contratações de peso. “Temos que investir na contratação de um finalizador. É nossa prioridade. E o jogador que chegar, será para entrar no time e sair jogando. Não podemos errar”, completou.

Luis Fabiano se despediu do São Paulo e do Morumbi no último sábado, na vitória sobre o Figueirense, por 3 a 2, na qual ele marcou um dos gols. O atacante se emocionou antes e depois da partida. Na última terça-feira o departamento médico do São Paulo constatou uma lesão no ligamento colateral-medial do joelho direito do jogador, que o impede de atuar na última rodada, contra o Goiás, no Serra Dourada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *