29 de outubro de 2020

Após pressão do Sindicato de Enfermagem, Médicos e Câmara de Vereadores, Prefeito resolve pagar um mês de salário atrasado do Hospital

Por: Dr. J. H. Watson

Termo de Compromisso assinado
Após pressão do Sindicato de Enfermagem, Médicos e Câmara de Vereadores, Prefeito resolve pagar um mês de salário  atrasado do Hospital, assinando um Termo de Compromisso com o Sindicato da categoria de enfermagem.
O pagamento realizado aos funcionários é referente a Setembro, e o restante está pactuado nas datas conforme  acordo assinado pelo Prefeito Municipal senhor Douglas Gomes e a Diretora do Hospital senhora Dircilene Jara Areco, como testemunhas a senhora Maria Alice Aranda da Silva Secretária Municipal de Saúde e o Técnico de Enfermagem Ramão Gonzales Fernandes que é o Delegado do Sindicato em Bela Vista.
Já os médicos receberam o mês de Agosto deste ano, não temos confirmação de quando será efetuado pagamento dos meses de setembro, outubro deste ano e os três meses do ano passado, e nem se houve assinatura de algum termo.
O que se vê, é uma administração que perdeu ou nunca teve rumo administrativo, sem compromisso com seus funcionários, funciona só na base da pressão, se o sindicato de enfermagem, os médicos não unissem forças e mesmo com seus corações apertados, tiveram que fazem a pressão de parar seus trabalhos dentro das normas legais para poderem receber 1 (UM) mês de salário.
O susto maior do prefeito e sua secretária “mestre” das finanças, foi quando a Câmara de vereadores recebeu uma Notificação do Ministério Público de proteção ao patrimônio publico em conjunto com a Corregedoria Geral do Ministério Público para tomar providencias em relação à falta de pagamentos dos funcionários e médicos do Hospital São Vicente de Paula, convocou sessão extraordinária, colocou em apreciação do plenário e aceito por unanimidade pelos vereadores presentes na sessão extraordinária realizada nesta ultima quarta-feira (9), ficando instaurada a Comissão Processante para investigar o atraso dos pagamentos, e outros assuntos relacionados ao hospital.
Fica um questionamento no ar, será que ele cumprirá este Termo Assinado, uma vez que, a ultima data do termo (10/01/2017) não faz parte de sua administração, sendo competência do próximo prefeito eleito ou ele acha que continuará no cargo.
Até a próxima..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *