29 de maio de 2024

Crime: Cidades do interior de MS divulgam “Lista de Comerciantes do PT” com intenção de boicote

Relação com nomes do que seriam comércios de petistas viralizou, e divulgação pode render multa e até cinco anos de prisão

LEO RIBEIRO / CORREIO DO ESTADO

Listas estão circulando em grupos de whatsapp pelo interior de Mato Grosso do Sul – Reprodução

Municípios como Dourados, Costa Rica e Chapadão do Céu tem registrado a famigerada “Lista de Comércios Petistas”, que tem se espalhado não só em Mato Grosso do Sul, como em outros Estados, após a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva neste domingo (30). 

Essa é uma das iniciativas que se desdobram pelo Brasil, de cidadãos que não aceitaram o resultado democrático da vitória de Lula por 50,90% dos votos válidos, contra 49,10% do atual presidente, Jair Bolsonaro. 

Nas listas de boicote são citados todos os tipos de comércios. Em Dourados, por exemplo, são listadas lojas de tereré; de peças; energia solar; pontos de espetinho; arquitetos; padarias; cosmético; publicidade; informática e até tatuadoras. 

Costa Rica divulga listas que trazem de academias; lojas de roupa; fisioterapeutas e farmáicas; borracharias e de comitas típicas. 

Também, em Chapadão do Céu, também foram listados mercados; massagistas; vendedores de pastel; tabacarias; contadores; salões; manicures e até mesmo faxineiras. 

Medidas

Importante frisar que, segundo informações da Polícia Civil – com base no art.7º, que trata das relações de consumo -, a lista configura crime, com pena de detenção, que varia de 2 a 5 anos de prisão ou multa. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.