23 de novembro de 2020

Luzes voltam a brilhar nas ruas de Murtinho

Toninho Ruiz

murt283Após três anos e meio na escuridão as ruas de Murtinho voltam a brilhar a noite, a prefeitura municipal através da secretaria municipal de Obras e Serviços iniciou na semana passada o reparo da iluminação pública, o serviço de troca de lâmpadas relés, reatores e “capacetes” nas vias públicas da cidade, nessa primeira fase mais de 300 pontos com lâmpadas queimadas já foram substituídas, e as trocas já estão sendo realizadas.

Em  Murtinho os consumidores de energia elétrica contribuem com a iluminação pública com o recolhimento da COSIP – Contribuição para Custeio de Iluminação Pública, que é pago pelo contribuinte na fatura de conta de energia elétrica.

O secretário municipal de Obras, Adolfo Olmedo, diz que os serviços de troca de lâmpadas, relés e reatores ou a troca de equipamentos com defeito não eram feitos há muito tempo, destacou ainda que durante esse período o povo murtinhense pagou a taxa de manutenção da iluminação, mas não recebia o serviço. O secretário disse ainda o objetivo é atender a demanda urgente da população e deixar a cidade mais segura. O trabalho esta sendo executado pela empresa Alves & Gimenes que venceu a licitação de prestação de serviço de manutenção da iluminação pública.

O prefeito Derlei Delevatti (PSDB) diz que nesses cinco meses de gestão a comunidade começa a sentir melhorias na prestação de serviços executado pela administração municipal. Para concretizar esse trabalho foi feito todos os procedimentos legais como a licitação da empresa prestadora de serviço e depois a licitação para aquisição dos materiais a ser substituídos.

“Ruas mais iluminadas levam mais segurança ao povo e estamos trabalhando para que todas as ruas de Murtinho recebam os reparos o mais breve possível”, disse Delevatti.

De acordo com o secretario de Obras, Adolfo Olmedo, a equipe da empresa contratada esta trabalhando de forma intensificada para realizar reparos e manter a cidade bem iluminada. “Já conseguimos reativar vários pontos da cidade que se encontrava no escuro, e hoje podemos ver esses locais iluminados”, explicou Olmedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *