27 de novembro de 2021

Sem reposição salarial desde 2009, servidores de Bela Vista vão à Justiça

Cerca de 420 servidores públicos de Bela Vista – distante 323 km da Capital, reclamam que há sete anos não recebem reposição salarial da prefeitura. De acordo com os trabalhadores, desde 2009 o salário base é de R$ 577,70, na época, 10% a mais que o salário mínimo vigente. Para resolver o impasse, o sindicato que representa os funcionários pretende ir à Justiça.

“O salário está defasado. Os servidores não têm reposição geral anual desde 2009. Nos encontramos em Fevereiro com o prefeito reivindicando que o salário fosse estabelecido em 10% em cima do salário mínimo atual, mas até o momento não tivemos retorno”, explica Ramão Melo Ortega, presidente do Simbel (Sindicato dos funcionários e dos servidores públicos da prefeitura Municipal de Bela Vista).

Procurado, o prefeito Douglas Gomes (PP) disse que uma análise na folha de pagamento do município será realizada para verificar a possibilidade de reajustar o salário base dos funcionários. Contudo, o pepista ressalta que as expectativas não são boas e que não há prazo para que o problema comece a ser solucionado.

“Não existe fundo disponível, e agora, é preciso ver se a equiparação do salário dos professores ao piso nacional, feita recentemente por exigência de Lei Federal, não vai sair muito fora do providencial da folha”, revela.

Em resposta a ausência de propostas por parte da prefeitura, servidores de todas as categorias vão se reunir para discutir as reivindicações de cada classe. Uma audiência com a promotoria de Justiça para saber as providências cabíveis. “Até a próxima terça-feira queremos concluir nossa conversa e chamar novamente o prefeito”, conclui Ramão.

Fonte: Clayton Neves – Midiamax

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *