19 de outubro de 2021

TRT/MS doa materiais esportivos para dez escolas do interior, incluindo Bela Vista

O vereador Hemerson Buiu (PSD), Prefeito Reinaldo Piti, Secretario de Educação Idelcides Gutierres, entregaram nesta sexta-feira (18-06) materiais esportivos para a Escola Pedro Ajala que foi recebido pela Diretora Josely Ribeiro Carvalho.
Os materiais foram doados pelo Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região em parceria com o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul.
A doação inclui bolas de futsal, voleibol, basquetebol, redes para os referidos esportes, apitos e coletes. A ação faz parte do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem da Justiça do Trabalho e do MPT/MS.
Os materiais foram viabilizados pelo vereador Hemerson Buiu, que em sua fala disse – E com muita alegria que estou hoje aqui para entregar esses materiais esportivos, que viabilizei com o saudoso deputado Onevan de Matos, fica nossa gratidão á esse político que sempre olhou com carinho para Bela Vista. Quero agradecer o desembargador João de Deus Gomes de Souza, o juiz do trabalho Marcio Alexandre da Silva, gestor regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem e o procurador do MPT/MS, Jeferson Pereira
0 Secretario de Educação Idelcides afirmou que os materiais esportivos são fundamentais para o desenvolvimento esportivo, quero aqui agradecer a todos, pois e dessa maneiras que estamos trabalhando por uma educação de qualidade.
A Diretora da escola Josely Ribeiro Carvalho, agradeceu ao vereador, afirmando que são essas parcerias que ajudam a melhor o ensino, e quando voltar às aulas iremos aproveitar da melhor maneira possível os materiais esportivos, pois são materiais de primeira qualidade, muito obrigado, disse a diretora.
Já o prefeito Reinaldo Piti, afirmou que os materiais são peças fundamentais para a pratica esportiva dos alunos, isso vai ajudar muito, quero agradecer ao ex-deputado Onevan de Matos, ao vereador Buiu e ao tribunal regional do trabalho.
Os kits escolares foram adquiridos com recursos de Ação Civil Pública (0025561-70.2016.5.24.0002), pela atuação dos procuradores Hiran Sebastião Meneghelli e Celso Henrique Rodrigues Fortes.
Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *