24 de junho de 2021

74 novos combatentes recebem Boina Verde-Oliva na Sentinela do Pantanal

Toninho Ruiz

Na sexta-feira, 20, foi realizada na 2ª Companhia de Fronteira, Sentinela do Pantanal, a tradicional solenidade de entrega da Boina Verde-Oliva ao efetivo de soldados incorporados neste ano de 2016.

O evento marcou o encerramento do período de instrução militar básico. Período este composto de intensas atividades militares e de um exercício de longa duração. Ao término destas atividades, como forma de materializar a justa vitória alcançada, a 2ª Cia Fron, realiza a formatura, de entrega das boinas aos soldados incorporados na unidade militar do Exército Brasileiro. Assim, de forma simbólica, o desafio superado e a firme conquista de objetivos pelos soldados da nossa Força Terrestre são reconhecidos e valorizados.

A cerimônia aberta ao público em geral, foi marcada pela emoção da conquista por parte do grupamento de soldados, que entoou, com orgulho, várias canções militares.

O soldado De Jesus foi destaque do Período Básico em 2016, recebeu das mãos do Major de Infantaria Macedo comandante da 2ª Cia Fron e de seus pais a Boina Verde-Oliva. Os demais soldados receberam suas boinas das mãos de suas respectivas madrinhas e padrinhos.

O momento da entrega da Boina Verde-Oliva simboliza que o recruta já é um militar preparado para o combate básico. Os recrutas de 2016 passam, de fato e de direito, à condição de soldado do Exército Brasileiro. Sendo agora designados para cumprir as múltiplas e importantes tarefas inerentes à Companhia de Fronteira.

O comandante da 2ª Cia Fron, Sentinela do Pantanal, Major de Infantaria Macedo, proferiu palavras sobre a importância da cerimônia, destacando o culto à disciplina, à camaradagem, ao espírito de corpo e ao respeito mutuou entre os militares, destacou também o empenho dos instrutores e todos os membros de seus comandados.

O direito de cada soldados de passar a usar o símbolo do Exército Brasileiro, a Boina Verde-Oliva, foi conquistado após a superação dos desafios inerentes ao exercício de longa duração. Seu uso, a partir da formatura de entrega, relembra os ensinamentos e valores deixados pelo Patrono do Exército Brasileiro, “Duque de Caxias”, e marca a crescente responsabilidade que o Exército Brasileiro delega a cada soldado com a entrega da Boina.

A cerimônia encerrou-se com o desfile da tropa em continência ao seu comandante, perante os familiares e amigos que prestigiaram em grande número a solenidade no Pátio Soldado Simeão Fernandes.

Depois os parentes e  amigos dos novos combatentes foram convidados a um almoço de confraternização no salão do Grêmio de Sub-ten e sargentos.

murt79 murt80 murt81 murt82 murt83 murt84 murt85

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *